«

»

Preservação no rio Cuiá

As ações realizadas pelo Centro de Cultura Afro-Brasileiro Ilê Axé Omidewá já começam a provocar verdadeiras transformações na cidade. Após a segunda edição da Caminhada pela Água e pela Vida, que em 26 de julho deste ano movimentou o bairro do Valentina Figueiredo, acordando a população local e as autoridades públicas para a importância da preservação dos rios, a Prefeitura Municipal de João Pessoa demarcou o rio Cuiá como uma Área de Preservação Permanente (APP).

Além do próprio rio, as 30 mudas plantadas na última caminhada, agora serão protegidas na APP. É proibido caçar, desmatar e construir na área do rio Cuiá, sob pena de um a três anos de detenção e multa de até 360 salários mínimos, de acordo com a Lei de Crimes Ambientais (Lei Federal n° 9.605/1998).

Para Mãe Lúcia, diretora do Ilê Axé Omidewá, e que há anos idealiza a proteção deste rio, a notícia veio como uma grande conquista. “Vencemos essa batalha para proteger o rio Cuiá. Vamos continuar firmes com o trabalho de proteção aos rios e à natureza”, garantiu Mãe Lúcia.

A Caminhada pela Água e pela Vida acontece todos os anos no mês de julho, junto com o presente para as águas doces, em homenagem à Oxum, orixá patrono da casa, mãe de todos os rios e cachoeiras. A organização do evento pretende trazer a comunidade para dentro do movimento em defesa da natureza, beneficiando o próprio bairro. Com o trabalho que vem sendo desenvolvido, em breve, a área deverá ser transformada em um parque ambiental.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

seo services