«

»

A Grande Rainha de Efon

A GRANDE RAINHA DE EFON

Em uma das últimas levas legalizadas de escravos africanos ao Brasil, antes da aprovação da lei Eusébio de Queirós, vieram aqueles trazidos do reino de Ekiti Efon (na Nigéria). Entre eles a jovem princesa Adebolu e o babalawò conhecido como Babá Erufá Ti Osún Tadè.
Já em terras brasileiras, foram vendidos no mercado de Salvador, Bahia de Todos os Santo, adquirindo os nomes de Maria Bernarda da Paixão (Maria Violão) e José Firmino dos Santos (Tio Firmo).
Muito articulado e sacerdote de Ifá iniciado na África, Tio Firmo se fez conhecer por toda cidade de Salvador entre irmandades de negros e grupos abolicionistas. Após aproximadamente dez anos de cativeiro conseguiu sua alforria e de sua protegida, a princesa de Ekiti.
Uma vez libertos começaram a frequentar o Ilè Asé Opò Afonjá (Nação Ketu), mas a princesa havia sido feita na África para o orisá Oloroke e surgiu a necessidade de iniciar uma nova nação para que ela pudesse cumprir seus preceitos na tradição do distante reino. Sendo assim, por volta de 1860 é fundada a primeira casa de Nação Efon na atual Rua Antonio Costa (antiga travessa de Oloke) nº 12, no Engenho Velho de Brotas, Salvador, Bahia.
Após a “passagem” de Tio Firmo em 1905, a princesa e matriarca assume seu lugar como yalorisá da última nação de candomblé à ser criada no Brasil (Efon). E essa verdadeira rainha ocupa a cadeira da Casa de Oloroke até sua “passagem” em 1936.
Atualmente (2014) a casa matriz do Asé Oloroke encontra-se abandonada e em ruínas. Mas existe o Asé Pantanal, fundado por Cristovão Lopes dos Anjos (asogun da princesa em Salvador), em Duque de Caxias (RJ) que mantém a tradição da Nação Efon, assim como tantos outros Ilè Asés que surgiram para honrar a história desse Candomblé.

Assim vi e ouvi. Assim aprendi com meus mais velhos.
Awurè à tod@s!

1 comentário

Nenhuma menção ainda

  1. helder.fernandes disse:

    perdoe a minha falta de informação, mas axogum é um Ogã?

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

seo services