«

»

ELENINI – O guardião da Câmara Interna do Palácio Divino de Deus

* COMO O HOMEM VEIO DO CÉU PARA A TERRA

* ELENINI – O GUARDIÃO DA CÂMARA INTERNA DO PALÁCIO DIVINO DE DEUS

Há sempre a tendência de ver o homem absolutamente de uma perspectiva biológica. Um homem e uma mulher unem-se e uma criança nasce deles, a criança nova é vista como uma identidade independente. Nós já vimos que no início da colonização terrestre, seres humanos viajavam para este mundo sob as ordens de uma ou outra das divindades. Nós veremos que a permanência de um homem no mundo é simplesmente uma continuação de suas atividades no céu. Nós já vimos que antes do homem vir viver no mundo, os habitantes do céu viajaram a pé para a terra, completavam suas tarefas na terra e retornavam para o céu. Foi Èsù quem bloqueou a livre passagem entre o céu e a terra e fez do útero feminino o caminho de passagem entre os dois lugares. Então antes, a pélvis em todos os animais como nas plantas era na cabeça, mais especificamente na testa e também não era reconhecida e nem respeitada, tanto nos animais como nos seres humanos. A pélvis, que era um organismo vivo no céu, foi para a divinação e lhe foi dito para fazer sacrifício com um bode preto para Èsu e assim foi feito. Depois disso Èsu pediu a fêmea para abrir suas pernas e tirou a pélvis para fora de sua testa e a posicionou entre as pernas dela. Ele então extraiu uma parte do couro do corpo do bode com o qual a pélvis havia lhe feito o sacrifício, e Èsu usou o para revestir a pélvis completamente no seu novo domicílio entre as pernas femininas. Depois disso Èsù foi até a fronteira entre o céu e a terra e a bloqueou para sempre com uma escuridão total. Aquela parte do sistema planetário a qual se aproxima na mitologia grega do chamado Erebus. Foi Èsu quem bloqueou permanentemente e ordenou que fossem guardados os portões do céu, permanentemente ocupado por viajantes vindos da terra para pedir por crianças no céu, a partir daí, qualquer um, animais e seres humanos igualmente que queriam ter crianças apelariam à pélvis; e o útero de todas as fêmeas foi feito para simbolizar a escuridão e o mistério da passagem pelo Erebus. O período de gestação que leva para uma fêmea dar a luz a um jovem, também se aproxima do tempo levado pelas diferentes espécies de famílias animais para viajar do céu, do tempo que uma criança leva. Nós veremos como a atração mútua entre os órgãos reprodutores de macho e fêmea veio a caracterizar a base de toda a existência. Nós também descobriremos como o pênis e a pélvis por um lado e o óvulo e o espermatozoide no outro, fizeram o sacrifício para tornar possível a eles cooperaram para dar a luz a uma criança do céu. Antes de vir para o mundo, todos os seres humanos fazem seus próprios pedidos e comprometimento no PALÁCIO DIVINO DE DEUS. Alguns preferem fazer visitas breves ao mundo e retornar ao céu tão rapidamente quanto eles vieram. Outros preferem retornar na fase inicial da vida, meia idade, enquanto outros preferiam retornar na idade madura. Quando nós fazemos nossos pedidos no altar divino no Palácio de Deus, o servo favorito de Deus, chamado INFORTÚNIO, a mais poderosa das divindades, é a única presente. Os Yorùbá chamam-no ELENINI enquanto os Bini o chamam de Ido-Boo. Esta é a única força capaz de ser obstáculo à realização do nosso destino na terra, por que ele está presente quando nós fazemos nossos votos de vida. Aqueles que são cuidadosos o suficiente em pagar homenagem a ele antes de partida do céu recebem uma licença para ir ter com seus negócios na terra sem problemas ou obstáculo.

A INFLUÊNCIA DO OBSTÁCULO DIVINO NO NOSSO DESTINO

Iworígogbe, um dos Odu mais velhos (discípulo) de Orúnmìlá, revelará mais tarde a influência em nossas vidas da divindade chamada Infortúnio. ELENINI (Ido-Boo) é o GUARDIÃO DA CÂMARA INTERNA DO PALÁCIO DIVINO DE DEUS, aonde todos vamos nos ajoelhar para fazer os pedidos e juramentos para a nossa permanência no mundo. Uma vez tendo completado as providências para nossa partida, seremos conduzidos por nossos “anjos guardiões” à câmara interna, aonde fazemos nossos próprios desejos. Deus não nos conta o que vai ou não vai acontecer conosco ou nos dar algum desígnio especial. Tudo aquilo que vemos, desejamos fazer ou transformar, Ele simplesmente abençoa dizendo: “- QUE ASSIM SEJA MINHA CRIANÇA!”. Quando Iworígogbe estava indo para a terra, ele fez um pedido, que queria modificar a face da terra, eliminando todo mal e elementos viciosos. Para ser capaz de executar sua tarefa, ele solicitou de Deus um poder especial sobre a vida e a morte. Deus respondeu que seu pedido estava concedido. Envolvido pelo poder concedido a ele por Deus, partiu rapidamente em sua jornada para a terra. Seu anjo guardião o relembrou da necessidade de assegurar seus pedidos com ELENINI a mais poderosa divindade, mas ele disse ao seu anjo que não havia força maior que Deus e desde que ele tinha obtido autorização divina, não via porque se justificar com alguma divindade inferior. Assim que deixou o palácio divino, ELENINI inverteu os desejos de Iworíbogbe. Na chegada a terra, ele descobriu que ao contrário de seus pedidos, estava se encontrando por acaso em dificuldades. Veio a saber que tudo aquilo que ele pediu estava acontecendo sempre ao contrário. Quando ele rezava para pessoas viverem, eles morriam, enquanto aqueles que ele desejava mortos viviam. Ele se tornou muito amargurado e desiludido, por que ninguém se atrevia a ir até ele para consultar o oráculo, ou pedir auxílio, desde aquilo que havia feito, pagava muito caro por isso. Após passar fome dentro de sua frustração por algum tempo, ele decidiu retornar ao céu. Chegando ao céu, ele foi ao seu anjo que o relembrou do aviso dado a ele antes da partida do céu.  Foi neste ponto que ele concordou em ir ao oráculo, aonde foi informado a fazer sacrifícios elaborados para ELENINI, a mais velha das divindades. Ele fez o sacrifício e retornou subsequentemente para a terra para uma vida produtiva e realizada.

A OBRA COMPLETA DE ?RÚNMÌLÁ A SABEDORÍA DIVINA
Autor: Mr. Cromwell Osamaro

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

seo services